Breve biografía de la artista

ANA STELA CUNHA

Ana Stela Cunha é Doutorada em Linguística Africana pela Universidade de São Paulo e Pós Doutorada em Antropologia pelo ICS - Instituto de Ciências Sociais - e CRIA (FCSH), tendo estagiado no MRAC (Museu Real de África Central, Tervuren, Bélgica) sobre as noções de cura na sociedade bacongo (Floresta do Mayombe, Congo/Angola) e na diáspora (Cuba e Brasil).

Viveu grande parte de sua vida entre Cuba e Maranhão (Brasil), buscando conhecer melhor as relações tecidas ao longo dos séculos de escravidão naquilo que diz respeito às memórias e identidades. Foi investigadora/docente na Universidad de La Habana entre os anos de 2006 e 2008. Atualmente é investigadora associada no CRIA (Centro em Rede de Antropologia, FCSH Universidade Nova de Lisboa), CEI (Centro de Estudos Internacionais, Universidade de Lisboa), CITCEM (Universidade do Minho) e Professora Adjunta na UFMA (Universidade Federal do Maranhão, Brasil. Desde 2010 tem realizado etnodcumentários. Faz parte da banda Yoka Kongo!, formada por músicos e artistas congoleses e portugueses, realizando pesquisas musicais afro-atlânticas. É membro do InMune (Instituto da Mulher Negra) e presidente da Associação Kazumba (PT).

 Pele. Colagem sobre fotografia manipulada digitalmente. Imagens pessoais e de arquivo. 2022 

Sirius Minzoto, colagem sobre fotografia manipulada digitalmente. 2022 

© arte/tacto/canario.museo virtual - periferia creativa